A Sociedade de Águas de Moçambique (SAM), proprietária das marcas Água da Namaacha e Fonte Fresca, inaugurou duas Árvores iluminadas, feitas com garrafas de plástico recuperadas, alusivas à quadra festiva, no Hospital Central de Maputo.

Esta acção, com carácter ambientalista, tem por objectivo agradecer aos profissionais de saúde pelo seu empenho e abnegação em prol de todos nós e alegrar um espaço emblemático da cidade de Maputo, como é o Hospital Central.

Árvore de Natal feita com Garrafas da Água da Namaacha no HCM.

O auge da cerimónia ocorreu quando o Director do HCM, Dr. Mouzinho Saíde, ligou a iluminação das Árvores, num momento marcado pela admiração e alegria geral.

A montagem e manutenção das árvores é da responsabilidade da empresa Reciclagem e Serviços, cujo director, Rui Andrade e Silva, presente na cerimónia, explicou alguns detalhes do projecto e deixou os seus agradecimentos à Água da Namaacha e ao HCM pela intensidade do momento vivido e pelo contributo para que a cidade de Maputo viva um ambiente de paz e concórdia nesta quadra festiva.

Miguel Padrão, director de marketing da Sociedade de Águas de Moçambique (SAM) referiu que este é o primeiro contributo da sua empresa este ano, outros mais acontecerão, para que a quadra festiva seja uma fase em que as pessoas vivam em paz, com amor e em concórdia, e que esse espírito perdure pelo resto do ano.

Miguel Padrão fez ainda questão de, em nome da SAM, deixar um profundo agradecimento aos profissionais de saúde pelo esforço, determinação e entrega demonstrados num ano tão complicado como tem sido este que está prestes a terminar.

Dr. Mouzinho Saíde a acender a Árvore de Natal.

O Director do HCM, Dr. Mouzinho Saíde, mostrou-se muito satisfeito com mais este apoio da SAM, que se tem apresentado como uma parceira activa e constante do Hospital e realçou a importância da colocação destas árvores com carácter motivacional para os profissionais de saúde e que proporcionarão alegria e paz aos utentes da maior unidade hospitalar do país.